quinta-feira, fevereiro 16, 2017

PERFUME


Não me acordes, amor.
Hoje quero apagar os dias vazios
E amanhã também
E talvez depois,
Quero ficar em mim,
Deitada no chão verde
Que repousa o meu olhar
E deixar que lembranças boas
Me levem pela mão,
E do meu coração escorram
Histórias que vivi
E no tempo se apagaram.
Quero deslizar nelas como um rio
Enquanto renasço
Nas páginas do livro
Que em tempos escrevi
E que leio agora,
Deitada no chão verde
Da memória,
Onde o silêncio reverbera
E um perfume ecoa pelos ares,
Ainda húmido.

Imagem recolhida na net.

17 comentários:

Fá menor disse...

Perfume de verde esperança!

Beijinhos

✿ chica disse...

Delicioso esse perfume que tanto te inspirou! Linda! beijos,tudo de bom,chica

Mar Arável disse...

O pão levado aos lábios

Maria Rodrigues disse...

Um perfume pleno de lembranças.
Belíssimo poema
Um abraço
Maria

© Piedade Araújo Sol disse...

Acho que é o poema denota uma saudade e uma esperança, mas notei também muita serenidade.
Muito belo!
beijinhos
:)

Blog da Gigi disse...

Abençoado domingo!!!!!!!! Beijos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, perfume de boas recordações, deitada nesse chão verde, aconchegada pelo agradável perfume que ecoa nos ar, o poema é cativante.
AG

Jaime Portela disse...

Nada melhor do que "deixar que as lembranças boas nos levem pela mão".
Excelente poema, gostei imenso.
Falta de inspiração...? Não me parece...
Bom fim de semana, querida amiga.
Beijo.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Continuação de bom domingo e feliz semana.
AG

Arroz Di Leite disse...

Lembranças de um lindo perfume que trazemos em nossas vidas, lindas lembranças colhemos em um chão tão lindo como um tapete verde de grama.
Aproveito e fico com vc por aqui.
Bjs

Tânia Camargo

A Casa Madeira disse...

Relendo o poema novamente me lembrei
do livro: O perfume de Jean B. Grenoulle nem sei se é como
escreve mas esse livro foi meu primeiro suspense que li.
Um libro bonito;
Lembranças ruins ou boas o que fazer, somos nós?
No outro comentário já tinhas dito nem sei se tu precisas de
inspiração para escrever.
kkk estás melhor que eu k, não consigo fazer nada no smartfone.
Bom começo de março.
PAZ E BEM.
janicce.

Jaime Portela disse...

Gostei de reler o teu excelente poema.
Mas vi à procura de mais...
Continuação de uma óptima semana, amiga Maré Viva.
Beijo.

Blog da Gigi disse...

Bom início de semana! Beijos

Jaime Portela disse...

Voltei para ver as novidades.
Gosto de chegar aqui e ver que escreveste... porque gosto da poesia que fazes.
Mas também gostei de reler este magnífico poema.
Bom fim de semana, querida amiga Maré.
Beijo.

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

A barlavento esta nau
Adernada de poesia
Encara a má ventania
Não como elemento mau,

Mas bom por não achar vau
De alguma maré vazia
Para trilhar, eu diria,
A pé levando o sarau

Desse recital festivo
Que para mim é motivo
De uma perene alegria

Mostrando o verbo bem vivo
E o som em tom bem altivo
Por amor à poesia.

Grande abraço. Laerte.

A Casa Madeira disse...

Olá!!! tudo bem por aí?
Bom final de semana.
Abraços.

Poções de Arte disse...

Às vezes precisamos de um tempo assim... para nos encontrarmos e admirarmos tal perfume.

Obrigada pelo carinho com a Casinha.

Abraços esmagadores e feliz final de semana.

Rosas

Rosas
Especialmente para ti, amigo visitante

Arquivo do blogue